0

[Storage] EMC VPlex – Renomeando Initiators

22 Flares 22 Flares ×

Olá pessoal, tudo bem?

Uma tarefa um tanto quanto importante para os administradores de storage e principalmente para documentações e levantamento de informações nos storages e também na SAN, é dar nome aos bois (neste caso aos initiators :D).

Colocar seus respectivos nomes ajuda e muito na administração diária e até mesmo quando precisamos elaborar books executivos para nossos clientes ou mesmo internamente.

Dito isso e de comum acordo entre todos, convenhamos que durante a correria do dia-a-dia podemos esquecer ou até mesmo deixar este ponto passar batido para ganhar tempo ou fazer alguma entrega emergencial.

Mas e agora?!

Praticamente em todos os casos é possível fazermos este ajuste online sem nenhum impacto.

Hoje vou demonstrar como fazer isso no EMC VPlex…

Primeiro é necessário conectar no VPlex via SSH:

 #ssh service@ip_do_vplex

Embora já estamos na linha de comando, precisamos entrar na linha de comando VPlex que é onde faremos as configurações dos contextos, pois tudo no VPlex é encarado como contexto.

Para isso, vamos executar o comando vplexcli:

service@Vplex-7227:~>vplexcli

Será solicitado novamente usuário e senha. Inserir novamente o usuário service e sua respectiva senha.

Com isso um novo shell será aberto.

 VPlexcli:/>

Agora como vamos alterar o nome dos initiators, precisamos ir até o contexto initiator.

VPlexcli:/>cd /clusters/cluster-[1][2]/exports/initiator-ports/

Executando o comando ls dentro do contexto initiator-ports, teremos uma visão de todos os initiators que acessam o VPlex.

Para alterar o nome de cada um é necessário entrar no contexto de cada initiator e executar o comando set name. Vamos ao exemplo.

Vamos imaginar que eu tenho o initiator: 20:00:00:00:24:44:b1:0a

Entrando no contexto 20:00:00:00:24:44:b1:0a:

VPlexcli:/>cd 20:00:00:00:24:44:b1:0a/
Alterando o nome dele:
VPlexcli:/>set name SRV_PRD_01_hba0

Na verdade você  pode utilizar a convenção de nomes que achar mais adequada.

Neste exemplo, este initiator corresponde ao meu servidor SRV_PRD_01 e pertinente a hba0.

Feito isso, automaticamente já teremos o contexto que antes era o WWN alterado para o nome que configuramos:

VPlexcli:/>cd /clusters/cluster-[1][2]/exports/initiator-ports/20:00:00:00:24:44:b1:0a/ (Antes)

VPlexcli:/>cd /clusters/cluster-[1][2]/exports/initiator-ports/SRV_PRD_01_hba0/ (Depois)

E tudo isso sem perder ou gerar qualquer impacto para acesso aos discos.

Também é possível fazer essa alteração pela console do Unisphere, mas por ser mais lenta acaba demorando mais quanto à execução do procedimento que pela linha de comando é bem rápido.

Abs e até a próxima.

:wq!

RECOMENDADO PARA VOCÊ

João Paulo G. Marinho

Usuário linux, defensor do linux, podemos usar linux em tudo (até que se prove o contrário :D). Enfim, entusiasta de tecnologia, games, cultura, coisas de Nerd e o que mais interessar. Storage?! Só se for bom e útil... SAN? Sim, mas redundante por favor!!! :wq!

Dúvidas? Deixe seu comentário ou entre em contato.